Ilha dos Franceses – Itapemirim

No mês de Março eu fiz um bate-volta até o sul do Estado, ali na divisa entre Piúma e Itapemirim, onde visitei no mesmo dia o Monte Aghá e logo em seguida, a Ilha dos Franceses. E nessa matéria eu lhes conto como foi esse passeio! Vem comigo!

Seja ASSINANTE do Terra Capixaba no Instagram por apenas R$4,99/mês e tenha vários benefícios, como conteúdos exclusivos, material para download, roteiros de viagens e descontos em apartamentos de temporada, hotéis e agências de viagens!

A Ilha dos Franceses está localizada no município de Itapemirim, a aproximadamente 3,5Km da Praia de Itaoca. É um verdadeiro paraíso natural de águas cristalinas e uma beleza de encher os olhos, tornando-se ideal para praticar mergulho – a variedade de peixes é muito grande e para quem gosta do esporte é um prato cheio!

Fizemos esse passeio com o Wanderlust, uma equipe que promove atividades de lazer e aventura – e que por sinal, recomendo a todos! Quando descemos do Monte Aghá, fomos direto para a Praia de Itaoca em Itapemirim, onde a Escuna Leid’Ana já estava nos esperando para partirmos em direção à ilha.

E antes de falarmos da Ilha dos Franceses, não podia deixar passar em branco a beleza da Praia de Itaoca! Que praia linda e aconchegante! Pretendo retornar pra passar um fim de semana lá porque o lugar é top demais, pessoal!



A Escuna Leid’Ana realiza passeios pelo litoral de Itapemirim. A embarcação possui à disposição da tripulação colete obrigatório, boia espaguete, além de todos os equipamentos obrigatórios exigidos pela Capitania dos Portos.



Foi um passeio muito gostoso de se fazer e não demorou muito em chegar até o nosso destino – cerca de 20 minutos. O impressionante é que ainda distantes da ilha, já conseguíamos ver o fundo do mar, devido à transparência da água!


O desembarque é feito em frente à Pedra do Pescador, onde o barco fica atracado e ali aproveitamos para tomar banho e dar muitos mergulhos! Vocês não tem idéia de como a água é cristalina!


A ilha é monitorada pela Marinha e atualmente o desembarque não é permitido. Essa atitude foi tomada devido à degradação ambiental que vinha acontecendo por parte dos visitantes – houve até um incêndio, pois acenderam uma churrasqueira na mata nativa – totalmente sem noção…


Em seguida, retornamos para a escuna e finalizamos o passeio, contornando a ilha. Vimos uma prainha – que devido aos nossos “amigos”, só podemos ficar olhando – e um farol de 12 metros de altura, construído em 1730 e que funciona até hoje, ajudando a sinalizar a existência da faixa de terra às embarcações que passam pela área.


Além de sua beleza natural, a Ilha dos Franceses possui muita história pra contar! Em 1555 ela serviu de base de apoio para os franceses durante a invasão ao litoral de Itapemirim – daí a origem do seu nome. Há muito mistério envolvendo também o Buraco do Judeu, uma fenda no meio das pedras, onde diz a lenda que tem conexão com o Continente, saindo no Monte Aghá.


Enfim, foi um passeio inesquecível num lugar fantástico de beleza incrível, cercado de muita história! E é claro, recomendo a todos a visita!

Como chegar:

Partindo da Grande Vitória, siga para o sul pela BR-101 ou pela Rodovia do Sol e logo após, a ES-060. Após passar pela cidade de Piúma, continue para o sul até chegar em Itapemirim. Próximo à Comunidade São Sebastião, vire à esquerda na Rua Alan Kardec e siga em direção à praia.






E agora, um aviso MUITO IMPORTANTE: Tenham consciência ambiental e não poluam as praias com o seu lixo. Vamos juntos lutar pela preservação da natureza! O Terra Capixaba e o Meio Ambiente agradecem!